Mantenedores

Conceitos aplicados para sustentabilidade e conforto, projeto recebeu a pré certificação LEED Gold

O Green Towers Brasília, localizado na capital federal, é um empreendimento corporativo da Tishman Speyer com a Via Engenharia, composto por três torres de edifícios comerciais, construídas em fases, que totalizam 85.000 m2 de área locável.

Com vãos livres de até 16 metros e lajes de 1.600 a 1.800 metros quadrados por torre, estruturado no conceito core & shell, o Green Towers Brasília possui interligação entre os edifícios e flexibilidade para atender um ou múltiplos usuários. No térreo, uma área de conveniência integra as três torres com restaurantes, lojas e serviços.

Projetado pelo escritório de arquitetura americano Arquitectonica, o projeto do sistema de AVAC foi realizado pela Teknika com instalação da Tuma Engenharia.

Alteração dos níveis de temperatura adotados em projetos contribuem para o desempenho energético

A preocupação com a redução do consumo de energia em edificações é pauta constante em diversos setores da construção civil e mecânica, e hoje, vivemos uma situação em que soluções inovadoras para atingir metas de redução de consumo mais altas são cada vez mais exigidas. Porém, muitas vezes, algumas oportunidades de atingir estas metas não são exploradas de forma adequada e isto não ocorre, pois o profissional que está envolvido no projeto de sistemas de climatização não tem tempo de avaliar alternativas de forma adequada, em função dos prazos a serem cumpridos.

Uma destas oportunidades está relacionada com os níveis de temperatura adotados nos projetos de sistemas de climatização. O objetivo deste artigo é avaliar a possibilidade de alteração do set point de alguns pontos do sistema de climatização e verificar o impacto destas alterações no desempenho energético do sistema de climatização e global do edifício, a saber:

Legionella não passa de pessoa para pessoa. Se adquire pela água pulverizada (pequenas gotículas)

A Doença do Legionário é uma forma de infecção pulmonar e a sua causa, a Legionella, ocorre quan- do o hospedeiro (nós) respiramos gotículas de água (spray ou aeros- sol) contaminada pela bactéria.

Muitos a associam com a contaminação através do(s) sistema(s) de climatização (ar condicionado), o que não é 100 % correto.

A Legionella é uma bactéria que vive na água, ou seja, ela está nos lagos, rios, represas e até na terra. Podemos afirmar que a Legionella faz parte do nosso meio ambiente e está presente nos circuitos de água que nós utilizamos para poder viver.

A Legionella está entre nós todos os dias, inclusive no Brasil, onde muitas pessoas acreditam que por aqui ela não existe. Isso é um grande erro de entendimento. Como foi dito, a legionella vive na água, independe de que pais ou conti- nente estamos falando. Foi descoberta após uma grave mortalidade na Filadélfia, em um encontro dos Legionários, daí o nome Legionella. Ela provoca no ser humano alguns problemas sérios no aparelho respiratório, podemos ter a febre Pontiac (como um forte resfriado), pneumonia leve e até a pneumonia gravíssima que pode levar à morte.

Página 3 de 3

Social

Topo