Mantenedores

Limpeza do Sistema de Refrigeração Após Queima do Compressor (parte 1)

Em caso de queima, sempre deverá ser feita uma análise para cada compressor que falhou. O trabalho de investigação e as informações obtidas indicarão as ações corretivas a serem adotadas para evitar a repetição da falha

Introdução

A limpeza do sistema de refrigeração é obrigatória nos casos em que ocorreu a queima do compressor para remoção total dos contaminantes, evitando assim a queima de outros compressores na mesma instalação.

O próprio compressor raramente é o problema em sistemas que apresentam falhas. A chave para a manutenção de equipamento com compressores semi-herméticos hoje em dia baseia-se num completo entendimento das condições e da sequência dos fatos que levam as falhas.
Este artigo somente irá trata das falhas elétricas do compressor de forma sistemática. Primeiro é examinado o tipo de queima (severa, moderada, pontual); a seguir, são exploradas as condições que levaram à falha e a possível causa, ou causas da falha.

Dá-se ênfase à localização e à correção da causa básica da falha antes de se tentar qualquer reparo ou substituição. Se a causa básica não for corrigida, será apenas uma questão de tempo antes que nova falha ocorra. Após a identificação e correção da falha elétrica comentaremos sobre os procedimentos para limpeza do sistema.


Problemas elétricos

A primeira reação de todos os técnicos de manutenção ao verem pela primeira vez uma queima de motor num compressor é julgar que, ou o motor ou algum componente do sistema elétrico falhou. Embora, às vezes seja difícil de provar, esse não é geralmente o caso. A maioria das queimas de motor ocorrida está relacionada com o sistema frigorífico. Todas as tentativas devem ser feitas para determina a causa da falha, antes de pensar que o motor estava com problemas. Se o dispositivo de proteção do motor INT69 e outras proteções elétricas que possam existir, tais como: relé de sobrecarga, disjuntor motor, relé de falta de fase, etc, estiverem funcionando adequadamente, é extremamente difícil que uma falha catastrófica ocorra apenas por meios elétricos.

Alguns dos problemas comuns do compressor relacionado com a parte elétrica se originam da falta de fase em uma das três fases, da baixa voltagem (sub-tensão), de enrolamentos curto-circuitados, de superaquecimentos, de arraste do rotor e de problemas de comando elétrico. Quando um motor falha recomenda-se que os enrolamentos sejam limpos para inspeção. Sua aparência geralmente levará à causa aparente da falha.

Antes de continuar, os enrolamentos do estator de um motor trifásico, deverão ser examinados. A identificação dos enrolamentos de cada uma das três fases é importante ao se diagnosticar um problema do motor.

Parte 2

Fonte: Alessandro da Silva

Entre para postar comentários

Social

Topo